Infelizmente, essa é uma coisa comum que acontece. Vagabundo liga para algum incauto, imitando uma voz assustada, dizendo que foi assaltado, sequestrado ou qualquer coisa assim. E muita gente cai nessa história, principalmente pessoas mais velhas ou mais simples, que não tem idéia de que aquilo é golpe. Ou mesmo quem tem idéia, mas na hora se assusta de tal maneira que acabada sendo enrolada.

Isso, até os vagabundos ligarem para alguém da minha família. Alguns dos casos que aconteceram.

Caso 1 – O caso do Paul em dois lugares ao mesmo tempo

Estou no MSN com meu pai e ele manda:
Padu (Meu pai): Pera que tocou o telefone.
Paul: Vai lá.
Padu: Pronto. Era o sequestrador. Você acabou de ser sequestrado.
Paul: ahahahahaha, e aí?
Padu: Mandei matar, ué.

Caso 2 – O caso do Sobrinho que não sabe português

Ligaram para a minha tia Thaís na madruga:
Sequestra: Tia? Tiiitaaa???
Tia: Paulinho?
Sequestra: É tia, é o Paulinho. Pegaru eu!!!
Tia: Ah, não, não é o Paulinho. Meu sobrinho sabe falar português, não diria “pegaru eu”…
Adendo do meu pai e da minha mãe ao ouvirem a história: É, pegaru eu ele não diria. Provavelmente seria alguma coisa tipo: “Ow, FUDEU!”
Adendo meu: ahahahahah, claro que seria ow fudeu! :D

Caso 3 – O caso da minha filha sequestrada

Toca o meu telefone.
Alguém: Pai, paaaai?
Eu: Ju? (eu sou um cretino)
Alguém: É, pai, é a Ju. Fala aqui com o moço.
Passa para o sequestra: Ae, tamo com a tua filha.
Eu: Beleza.
Sequestra: Como beleza? Tem que pagar.
Eu: Ah, não. Nem gosto muito dela. Pode matar.

Ainda tem as incontáveis vezes que ligam para o meu pai e ele pergunta: “Qual filho, o Juninho?”. E quando o cara responde que é, aí ele manda fazer alguma coisa inusitada porque não gosta do moleque!

Sei que é triste, que é um problema grave de segurança pública e às vezes acho errado a gente se divertir sacaneando os caras que ligam prá gente.

Mas só às vezes.

Comente

Esblogoogle
Passado
Eu no Twitter